Esta receita é perfeita para jantares românticos descomplicados

Receita com bifes
Uma receita com bifes de dar água na boca.

Esta receita com bifes é uma das melhores que eu já fiz. E olha que eu já fiz muitas! Mas fala a verdade, não é incrível quando a gente encontra uma receita fácil, rápida, saborosa e ainda por cima low carb?

Eu falo sempre aqui no blog como a combinação carne + batata é imbatível, mas às vezes pode ser muito pesado para comer à noite, então acabo buscando alternativas às batatas para que o prato não tenha carboidrato, ou ao menos tenha pouco.

Você também vai gostar: Bife ao creme de molho inglês

Sábado passado experimentei essa receita que leva um tempero que amo e já mostrei aqui no blog e com uma salada tão saborosa que está quase na mesma altura de batatas.


jornalista lifestyle

Por que esta receita com bifes é perfeita para você

Estou apaixonada por essa receita porque ela é simples de fazer, mas deixa o jantar sofisticado. Os processos são muito fáceis de serem executados, mas o resultado final vai impressionar seus convidados.

E para deixar tudo ainda melhor, inclui crispy de cebola, que deixará a salada super crocante.

Você pode fazer crispy de cebola em casa de maneira super fácil torrando pedacinhos pequenos de cebola. Mas a forma mais prática é comprando mesmo. Você irá encontrar na seção de condimentos, possivelmente próximo ao alho desidratado já que o dois são bem parecidos.

Meu tempero preferido para bifes

Você vai ver que entre os ingredientes desta receita está tempero de bife de Montreal, mas não se assuste com esse nome pomposo.

Esse tempero nada mais é que uma combinação de outros que já temos em casa: alho, coentro, endro, pimenta do reino, pimenta vermelha em flocos e sal. Você pode misturar esses ingredientes em partes iguais ou fazer com a proporção que gostar mais.

Eu costumo preparar e já deixar guardado para quando eu quero temperar pratos de carnes ou hambúrgueres.

PRODUTOS QUE VOCÊ VÊ NA MINHA COZINHA


Uma receita prática para dias não práticos

Uma outra coisa legal desta receita de bifes é que você pode preparar em qualquer dia da semana. Ela pode ser tanto aquele coringa que você tira da manga em dias com pouco tempo para pensar como o jantar especial do fim de semana.

No nossa caso aqui em casa, preparamos no fim de semana. A dica que eu dou é: escolha uma louça bonita, de preferência uma grande, pois isso deixa o prato mais imponente e a mesa mais sofisticada.

Como empratar receita com bifes

Você pode empratar bifes de um jeito super simples, mas também pode ir além e montar uma mesa mais especial.

Para uma apresentação simples, você pode posicionar o bife inteiro na lateral do prato, cercado pelos acompanhamentos.

Caso a sua intenção seja algo mais elaborado, experimente fatiar os bifes antes de servir, valorizando a cor da carne por dentro.

Mas é claro que dá para ir um pouquinho mais além. Depois de fatiar os bifes, você pode posiciona-los no meio do prato, sobre o acompanhamento. Esse emprazamento funciona muito bem quando estamos servindo saladas, como nesta receita de bifes, por exemplo.

Uma outra dica que eu dou é: toda vez que você quiser deixar um prato mais sofisticado num estalo de dedos é só escolher uma louça grande para ele. E foi o que feliz nesta receita.

Para lhe ajudar, eu fiz uma seleção de pratos que vão deixar esta receita linda à sua mesa:

PRATOS PERFEITOS PARA ESTA RECEITA


Qual carne usar em uma receita com bifes

Há uma variedade grande de carnes que podemos usar e a escolha vai depender de dois fatores: gosto e orçamento. E assim como não existe gosto certo e errado, o mesmo vale para orçamento. Há dias em que queremos gastar um pouco mais e preparar um grande jantar e há outras dias em que queremos economizar. E não há nada de errado com isso.

Uma das melhores opções de carne para receita com bifes é o filet mignon, mas não é o único e nem sempre o ideal.

O filé é uma das carnes mais macias que existem, mas não é a mais rica em sabor, sendo indicada quando a receita inclui molhos. Para receitas mais simples, como esta, o ideal é usar uma carne mais saborosa. O contra-filé é uma opção excelente.

Você também pode utilizar alcatra ou bife de costela, que são macias e saborosas.

Caso você tenha algum outro tipo de carne em casa que não seja das mais indicadas para fazer bife, tente fatiar a carne o mais fino que conseguir.

Qual vinho combina com bife

Melhor vinho para bifes
Vinho Bordeaux fica perfeito com bifes em geral.

Carne é um dos alimentos mais fáceis de combinar com vinho. Isso porque, na dúvida, a gente pode seguir a regra de carne vermelha vai bem com vinho tinto.

Obviamente, esse não é o único critério, mas mesmo se você errar na combinação, não será por muito.

Outra regrinha muito simples de seguir é: quanto mais pesado o prato, mais encorpado o vinho. Traduzindo: se o seu prato tem muito carboidrato ou molhos, o ideal é escolher vinhos envelhecidos ou uvas “mais fortes” como cabernet sauvignon ou malbec, por exemplo.

Se o seu prato tem ingredientes mais leves, como saladas por exemplo, o ideal é optar por vinhos mais leves, normalmente os mais jovens ou feitos a partir de uvas com aromas frutados.

Este segundo exemplo é perfeito para esta receita, já que o acompanhamento dos bifes é salada. E, em geral, você pode aplicar a mesma regra para qualquer prato com carne que seja low carb.

Mas para facilitar ainda mais, fiz uma seleção de vinhos que ficam perfeitos com esta receita:

VINHOS PERFEITOS PARA ESTA RECEITA


Ponto das carnes

Não existe um ponto certo para bifes e isso só depende mesmo do seu gosto e da preferência dos seus convidados. Não esqueça de pergunta-los antes de servir.

Sabendo o ponto que você quer, chegar a ele não tem mistério, é praticamente uma ciência exata. Cada ponto tem sua temperatura específica.

Há alguns “macetes” para tentar adivinhar com o tato, mas se você quer ter segurança do ponto, o ideal mesmo é usar um termômetro para isso.

Eu tenho um que espeto na carne e seleciono a temperatura que quer. Depois não preciso mais me preocupar porque ele irá apitar quando chegar ao ponto desejado. Não tem como errar.

Caso queira acertar o ponto em cheio, você deve parar de grelhar o bife quando a temperatura chegar entre 54º- 57º C para mal passado, entre 57º-63º para ao ponto e de 63ºC para cima se quiser bem passado.

Mas sabia que há ainda outras opções? Veja a explicação do chef Guilherme Guzela:

Nos restaurantes, os chefs também trabalham outros dois pontos de carne para ampliar as opções de escolha dos clientes. São eles: ao ponto para o mal passado, que é quando a carne com uma textura mal passada e cozimento próximo do ao ponto. E o ao ponto para o bem passado, quando a carne tem uma textura macia e o cozimento próximo do bem passado.

Chef Guilherme Guzela

Não esqueça de deixar o bife descansando por uns 5 minutos antes de corta-lo para que fique mais macio e suculento.

Bife com salada low carb

Luciana Couto
Preparo 35 mins
Prato Principal
Porções 2

Ingredientes
  

  • 285 g de bife de boi
  • 113 g de cogumelos
  • 28 g de sementes de girassol
  • 113 g espinafre
  • 113 g de cebola
  • 1 colher de sopa de vinagre de vinho tinto
  • 2 dentes de alho
  • 2 to mates
  • ½ colher de sopa de tempero de bife de Montreal você pode misturar alho, coentro, endro, pimenta do reino, pimenta vermelha em flocos e sal
  • 30 g crispy de cebola
  • ½ colher de chá de açúcar
  • 2 colheres de sopa de manteiga sem sal

Instruções
 

  • Antes de começar, pré-aqueça o forno a 230ºC. Lave e seque todos os produtos. Descasque e corte a cebola em pedaços de 5 cm. Adicione as cebolas, 1/4 colher de chá de açúcar e 1/2 colher de sopa de óleo em uma assadeira forrada com papel manteiga ou untada com óleo. Tempere com sal e pimenta e misture bem. Asse no meio do forno, mexendo na metade, até ficar macia, 20-22 min.
  • Enquanto as cebolas assam, descasque e pique ou rale o alho. Pique a cebola e os cogumelos. Adicione vinagre, 2 colheres de sopa de óleo e 1/4 colher de chá de açúcar em uma tigela grande. Tempere com sal e pimenta e misture bem. Adicione os tomates e misture bem. Reserve. Seque os bifes com uma toalha de papel. Tempere com metade do tempero.
  • Aqueça uma frigideira grande antiaderente em fogo médio. Quando estiver bem quente, coloque a mistura de sementes na panela seca. Torre-as, mexendo sempre, até dourar 4-5 min. Transfira para um prato.
  • Aqueça a mesma panela em fogo médio. Quando estiver bem quente, adicione 1/2 colher de sopa de óleo e depois os bifes. Salteie até dourar, 2-3 min de cada lado. Retire a panela do fogo e transfira os bifes para a assadeira com as cebolas. Asse no meio do forno até ficar cozido no ponto desejado, 5-8 min.
  • Enquanto os bifes assam, aqueça a mesma frigideira em fogo médio. Quando estiver bem quente, adicione 2 colheres de sopa de manteiga, em seguida, cogumelos e alho. Cozinhe, mexendo ocasionalmente, até os cogumelos amolecerem, 2-3 min. Tempere com sal e pimenta.
  • Se quiser, pode fatiar os bifes (acho que o prato fica mais elegante). Adicione os cogumelos, o espinafre e a cebola assada na tigela com os tomates e misture bem. Divida a salada entre os pratos. Cubra com os bifes. Polvilhe com as sementes e crispy de cebola. Regue o molho restante da tigela por cima ou sirva separado.
close

SEJA A MULHER QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SER

Baixe o livro com meu método para alcançar um estilo de vida saudável em apenas quatro semanas:

Você também receberá semanalmente minhas dicas para se tornar a melhor versão de você mesma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Recipe Rating




jornalista lifestyle

Faça parte da minha rede de VIPs e receba dicas para se tornar a mulher dos seus sonhos.